Dicas de Educação
Dicas de Educação
13 Reflexões Sobre as Crianças e os Sentidos
Editoria de Educação - 22 de Agosto de 2015
Autor: Site de Dicas

Alberto Silva Filho[1]

É muito importante que VOCÊ tente lembrar-se disso, sempre...
"Se o educador é capaz de transformar um passatempo lúdico em uma atividade potencializadora da cognição, a este, podemos chamar de mestre..."
Sentidos Infantis
Deixar a criança livre para criar é uma ação didática que exige muita disciplina, do adulto.
Sentidos Infantis
Deixar a criança livre para criar é uma ação didática que exige muita disciplina, do adulto.

Para educarmos nossas crianças da forma adequada, ou no mínimo satisfatória, antes de colocarmos os pés na estrada da cogniciologia, também precisamos aprender algumas coisas.

Conhecer uma criança não contempla apenas os aspectos de sua mentalidade, uma vez que seu repertório cognitivo ainda é incipiente, e dentro desse acervo não há um lastro de experiências de vida que seja capaz de nos ajudar a traçar um perfil que traduza sua realidade psicológica.

Por isso precisamos ir mais além e examinar sua fisiologia e temperamento, suas predisposições inatas, a forma como atualmente ela enxerga e interage com o mundo à sua volta, quesitos estes que a nosso ver, representam a porta de entrada para a exploração do fabuloso universo infantil.

E para nos ajudar nessa empreitada de singular importância, as reflexões a seguir poderão servir como apontadores que irão potencializar nossos esforços, tornando nossas ações e deliberações mais efetivas, quer dizer, produtivas. E nunca é demais lembrar que você pode usá-las como repertório para deliberar suas próprias impressões, ou refletir a partir de cada uma dessas pontuações.

Enfim, Vamos às Reflexões...

  • Para desenvolver o sentido da vista é preciso acostumar a criança a observar e distinguir a variedade das cores;
  • A pintura, o desenho e a construção com blocos são de grande valor educativo e potencializam todo processo de aprendizagem assim como a construção de novas ideias;
  • Para que desenvolva a audição é preciso ensinar-lhe a ouvir;
  • Para aprender a ouvir é preciso distinguir e reconhecer os ruídos, os sons, as vozes, etc.;
  • Já maior, acima dos três anos, peça para que feche os olhos e brinque com ela de diferenciar sons e barulhos que eventualmente façam parte do ambiente; a mesma regra vale para os odores;
  • A música ocupa papel de destaque entre as atividades aconselhadas para educação do ouvido;
  • Acompanhar com palmas ou gestos os diversos ritmos de uma música conhecida, é um excelente exercício;
  • Para a educação do olfato é aconselhável exercitar a criança a reconhecer flores pelo seu perfume;

  • Para educar o paladar é aconselhável habituar a criança a diferenciar pequenas porções de alimentos, tais como: Sal e açúcar - Laranja e limão - Doce, salgado e amargo;
  • Ensinar-lhes a apalpar diferentes texturas desenvolve e apura seu tato;
  • A mesma coisa vale para o senso de temperatura, Quente, morno, frio, gelado;
  • Tente também com as diferentes consistências. Sólidos, granulados, líquidos, pastosos, etc.;
  • Incentivar que falem das suas emoções, mesmo que não saibam ainda do que se trata, ajuda para que possam compreender seus sentimentos;
  • Todos estes exercícios são meios práticos de educação dos sentidos. Use sua imaginação, descubra outros, faça adaptações de acordo com o seu caso; estude aquilo que melhor se adequa ao perfil dos seus filhos ou alunos.
Editoria de Educação do Site Mundo Simples.
Veja mais detalhes sobre o autor nas notas abaixo.

Nota de Copyright ©
Conteúdo reproduzido sob permissão do Site De Dicas[1]

Proibida a reprodução para fins comerciais sem a autorização expressa do autor ou site.

[1] Alberto Silva Filho - albfilho@gmail.com
É pesquisador das Ciências Cognitivas e orientador em educação infantil e adulta, inclusive da terceira idade, com especialização em Educação Integral e Consciencial. É também escritor de contos infantis e adultos, e um dos colaboradores fixos deste Site.
O autor não possui Website ou Blog pessoal.

Mais artigos do autor em: http://www.sitededicas.com.br/dicas.htm

Mais Sugestões de Leitura

Outras Sugestões de Leitura do mesmo Tema...